sexta-feira, 1 de março de 2013

Incompetência Generalizada


A incompetência generalizada!!!
Incompetência é um nome forte, um tanto hostil, porém muito comum em todas as áreas profissionais. Na minha não seria diferente e infelizmente nem tão pouco em pequena escala.
Isso porque, no cenário que temos hoje, as produções nacionais em todos os segmentos se tornaram um “cabide de emprego”, aonde qualquer pessoa , seja família, amigo, agregado pode ser chamada de produtor. Concordo que uma mão de obra desse tipo se torna muito mais confortável financeiramente para uma empresa, já que a mesma cria uma falsa sensação de segurança, mas as consequências dessa atitude apenas cega os olhos e, sem dúvida, triplica o custo dessa mesma obra.
O que os “grandes” ou como poderia dizer, donos do mercado de entretenimento, não entendem é que eles precisam dos clientes, quem são os mais prejudicados com toda essa banalização medíocre imposta a eles.
Aí você vai me dizer: ”Temos um nicho enorme de empresas que fazem esse trabalho.” e o cliente tem direito de escolha, entretanto, por mais que pareça, não é tão simples assim, tendo em vista que  isso leva tempo e muito dinheiro. E quem é  que gosta de perder o tão precioso tempo e o tão suado dinheiro?
Temos hoje um grande número de profissionais que amam trabalhar nesse setor e têm a habilidade de decidir o que fazer na hora em que uma bomba estoura enquanto estão parados e esquecidos, porque obviamente somos obrigados a dar lugar para o que eu chamo de “produção burra e argumentada”.
O bom produtor é aquele que tem a disposição e a habilidade para se adaptar às mais diversas surpresas que o mundo do entretenimento nos reserva. E elas são inúmeras, e nenhuma dessas surpresas são bonitas de se ver ou feitas para serem admiradas. Elas são como lindas pedras, mas que atrapalham o seu caminho. O difícil é quando o seu produtor é essa pedra e não tem nada nem ninguém que possa removê-lo para que seu projeto flua perfeitamente.
Sejamos racionais pelo menos uma vez na vida. O que começa bem termina melhor ainda. Produtores de eventos não são “tapa buracos” da sua falta de planejamento. Isso veio de uma cultura criada por você que acha que o seu vizinho daria conta da logística de um evento grandioso, porque “É sussa. É só fazer um cronograma e trabalhar 12 horas por dia!”. Produtores de eventos são pessoas que acreditam e levam essa tarefa extremamente à sério desde os primeiros rascunhos até a entrega do livro editado e autografado com o carimbo da sua empresa. Talvez um dia você dê sorte e encontre por essa selva de pedras um exemplo dessa espécie em extinção.
Pense nisso, porque deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente é só para os inteligentes. E você, quer ser um deles????



Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário