terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Pequenas Poesias

Hoje quando acordo
consigo acreditar em um novo dia
mesmo sendo breve
eu ouço a intenção da melodia
todos juntos podemos mudar
e acreditar em um mundo diferente
tantas coisas acontecem sem explicação
e quase sempre prevalece o não
guerras frias, sem sentido
com armas ou não
guerras sujas, sem razão
plantadas na mente da nação
eu quero é paz, eu quero é mais
quero o simples despertar da imensidão...

Danilo Pinoti


Small Poems


I am part of something new
something that can not be predicted
all my fault
and my defects
my desires more intense
fears and confusions
excerpts from a simple book
written without illusion ...

Danilo Pinoti

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Pequenas Poesias

Vem vindo o meu corpo
e com ele meu vício de amar
cheio de graça, traindo a mim mesmo
sem comprimidos e sem cura
eu me permito aceitar
flores brotadas do ventre
que desabrocham de sementes secas
e verdades sentidas...

Danilo Pinoti

Pequenas Poesias

Não sou vilão de uma guerra fria
nem covarde encostado em balcão
um calvário ou cenário perdido
ator da minha própria ilusão
Não vomito falso moralismo
ou segredos de outra ocasião
neste encontro ainda meio perdido
peço um balsamo pra minha aflição
exausto eu entrego a corrida
e finda minha breve missão
meu laço de nó sem sentido
meu corpo pedindo silêncio
e o tempo trazendo trovão...

Danilo Pinoti

sábado, 7 de janeiro de 2012

Pequenas Poesias

Vivo pensando na vida
em tudo que ela me deu
e ainda pode me dar
penso na vitória contínua
no que eu posso conquistar
nos amores que um dia 
eu tive e tudo que ainda
ei de amar
as idas e vindas da história
são como as ondas do mar
levam o passado pra longe
e devolve um futuro pra sonhar...

Danilo Pinoti

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Pequenas Poesias

Hoje eu devoro meus pecados e tomo uma dose de tempestade no silêncio eu me encontro e me perco no caos da cidade e nunca se sabe enfim qual a direção certa a seguir o poder é uma ilusão e a primavera é o despertar venha chuva enquanto é tempo e traga o resto de piedade que ainda falta  traga o resto de mim... Danilo Pinoti