quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Pequenas Poesias

Seis horas da tarde
e a avenida é paulista
cheia de todos os tipos
sons e luzes gritantes
ternos e vestidos longos
todas as modas no mesmo lugar
alto, pequeno, menina ou bandido
quantos sorrindo sozinhos
e outros montando bazar
louca avenida de todos
passe por onde passar
nesse vai e vem inconstante
sempre deixando voltar...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário