sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Pequenas Poesias

No gole seco
seco de doer os dentes
dentes de morder a carne
carne que alimenta a fome
fome que invade o corpo
corpo que devora o tempo
tempo que consome tudo
tudo que hoje resta pouco
pouco que agora é verdade...

Danilo Pinoti

Um comentário: