sábado, 7 de maio de 2011

Pequenas Poesias

As coisas se perderam
o mundo revelou o seu segredo
as guerras sempre comandaram
e o medo era real
a burguesia comanda o relógio
na hora certa dos discursos medíocres
a morte apresenta as armas
para os fracos e oprimidos
sem identidade, sem compromisso
o real se torna pequeno
faz parte da evolução regada a fel
as cartas mostram suas ordens
e fica sendo abstrata a opinião
flor pra que?
se a bala é mais veloz
mas não atinge a impunidade
vamos fingir que não é real
e viver na nossa história
construídas com mentiras
veneno de adormecer...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário