quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O início do último dia da minha vida

Hoje é o início do último dia da minha vida
Vida que hoje vejo bem vivida
Amores e retratos
Verdades e longos beijos
Perdido no encontro do seu desejo
Sorrisos cheio de gargalhadas
A febre que veio na hora errada
Sem pressa cheguei no final do dia
Pra ver o adeus de quem não partia
A fome e o medo que o mundo ensina
Prepara o berço e devolve a cria
Hoje entendo o que me falava
Vejo o triunfo desse momento
Sonhos que fazem todo sentido
Som que não sai do meu pensamento...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário