sábado, 6 de novembro de 2010

Pequenas Poesias

Você é seu próprio universo
seu medo mais interno
a face que te condena
o amor que movimenta
rios que correm sangue
veias que dão passagem
ao novo sopro que chega agora
força que te sustenta
som que te abre a mente
cheiro que te provoca
gosto que abre os olhos
toque que arrepia
olhos de quem te via...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário