quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Pequenas Poesias

Sou o exemplo da minha verdade
simples gesto da mão calejada
um pequeno pedaço da sociedade
entre mortos e feridos
estamos seguindo
lua que se faz poema
nesta noite eu lembro uma cantiga
da infância que me foi prometida
dos amigos que me foram tirados
dos segredos que não foram contados
lembro apenas do dia mais certo
longe e perto em tempo real
sob o caos se encontra a cidade
que exala seu cheiro excitante
pensamentos que vagam perdidos
e atropelam o perfeito instante...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário