terça-feira, 8 de junho de 2010

Pequenas Poesias

Altas horas da madrugada
e nada dela chegar
falta fôlego no peito que parte
em pó
alegria que um dia sonhou
foi embora mas logo voltou
os meus olhos fixos nos seus
serenata do que se perdeu
pouca fé é vazio por dentro
de outros contos que o sol
se ausentou...

Danilo Pinoti

2 comentários:

  1. Cada vez mais apaixonada pelas suas poesias, tanto que todo dia coloco um trecho delas em meu twitter... Obrigada pelas palavras vindas do coração.

    Fláva.

    ResponderExcluir
  2. "Altas horas da madrugada
    e nada de ela chegar..." É isso que elas costumam fazer com os corações apaixonados logo que descobrem que eles (os corações) são fulneráveis aos desmandos do amor e, consequentemente, ficam à sua mercê.

    ResponderExcluir