quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Pequenas Poesias

Um certo olhar que me engole
e transforma cada encontro em poesia
sensações nunca sentidas
e tão pouco vividas
num simples estalar de um beijo
o silêncio abortando o desejo
da lua que sem permissão
fotografa nossos momentos
seu corpo desenhando em torno do meu
os nossos mais singelos segredos...

4 comentários:

  1. as mãos se transformando em uma só!

    ResponderExcluir
  2. Eu chamaria de grandes poesias meu caro Danilo,gostei do teu estilo.
    Beijo

    ResponderExcluir