segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Pequenas Poesias

De que vale a vida
se não pela sua intensidade
de que vale o sorriso
se não pelos belos momentos
de que vale o segredo
se não pela amizade
todos os minutos são poucos
em frases de efeito
e promessas não citadas
vemos o silêncio cercado de caos
e a solidão como presente infeliz
de uma verdade que os livros
escondem entre as páginas
e os dias que brotam caridade
e atropelam sonhos...

Danilo Pinoti

2 comentários:

  1. Nossa muutio legal essas poesias,gostei muito parabéns

    ResponderExcluir
  2. Nossa eu chego a flutuar!!! mtoo bom!
    Aja talento heim garotinho??!!

    ResponderExcluir