sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Pequenas Poesias

Como é o amor
uma gota de chuva
na imensidão do mar
uma lágrima que cai sobre
o rosto triste de um anjo solitário
não posso entender
qual o motivo do seu pranto
se os anjos não choram
quem te fez tal ofensa?
vocês amam cada ser
cada pedaço do espaço
o céu o amor
é o sentimento urgente
de todo ser humano
seu rosto transmite paz
seus olhos brilham feito estrelas
e os dias passam serenos
anjos de cada um
sinos que tocam festa...

Danilo Pinoti

Um comentário:

  1. *.*
    Gostei muito!
    Sem palavras pra descrever!
    Bonito mesmo!
    "Se os anjos não choram..."

    ResponderExcluir