sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Pequenas Poesias

Arde sol
na pele seca e frágil
deixe as portas abertas
para que eu consiga entrar
transforme o que te faz feliz
e some o incerto
por perto passa a sorte sem solidão
feche os olhos da alma
abra um pequeno livro e sinta
o momento da escrita
perca o medo das palavras
sinta o gosto do ar se transformando
em vendaval
pobre coração que não cabe amor
livre somos até surgir novas conquistas...

Danilo Pinoti

Nenhum comentário:

Postar um comentário