segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Pequenas Poesias

Ser pintado de branco
ser cansado de sono
sou sincero e perdido
sempre caindo nas mesmas armadilhas
prego de aço sem cabeça
tantas perguntas sem respostas prontas
ouço as canções que falam de amor
e brotam poesias em vasos de barro
casa de vidro
sombras em galhos
senimentos enormes
frio e sede seca a boca
para onde vamos não sei
o que faremos no final
que final?

Danilo Pinoti

3 comentários:

  1. essa é fofa!

    Muito bom cara! Você poderia publicá-las...

    ResponderExcluir
  2. Só não gostei do final!
    rs
    Mas apreciei

    'ouço as canções que falam de amor
    e brotam poesias em vasos de barri
    casa de vidro
    sombras em galhos'

    muito bom, sereno e fácil de embalar que lê!

    ResponderExcluir