quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Pequenas Poesias

Quantos segundos restam para o inicio do fim
meu medo é aceitável, mas sem sentido
quero ver seus últimos segundos
da janela do meu novo andar
qual palavra ainda não foi falada
sentimentos e outras intenções
o salto é fantástico e a queda é inevitável
somos todos iguais na metade do jogo
outras fotos ainda não foram vistas
e as cores desaparecem com o tempo
mas o sentido fica impresso por toda vida
quero então fugir dessas pedras
que invadem meu caminho
e seguir em frente até achar o alvo dos meus desafios...

Danilo Pinoti

4 comentários:

  1. Nossa, que Linda Pinoti!!
    Amei. Linda essa poesia!!

    ResponderExcluir
  2. Acho que você não deve se lembrar de mim, mas eu estava com o Rogério em RP. Estudo Letras. Será que se eu analisasse sua poesia no meu TCC você me daria a honra de uma estrevista / dicas de leitura?

    nataly.m.santos@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Perfeito! Muitas vezes é a única coisa que queremos... Conseguir é uma utopia..."quero então fugir dessas pedras que invadem meu caminho"

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, não gostava muito de ler poesias, livros, etc; Mas to pegando o gosto pela coisa!
    Essa vai para o meu perfil do orkut, pode? (:
    Quando puder me indique livros viiu ...
    Beijos ;*

    ResponderExcluir