segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Pequenas Poesias

Os muitos retratos na parede
revelam vestígios de vidas passadas
sombras de algo novo e perdido
pedras, ruinas e filmes de rolo
não seria certo se fosse diferente
pessoas presas entre as camadas da parede
entre as cercas eletrificadas
e fios desencapados
nos poucos dias de sol ardente
te encontraria de braços abertos
pra te mostrar um pequeno gesto
e uma gota de eterna lembança
finos como grãos de areia
e leves como um sopro de esperança.

Danilo Pinoti

Um comentário:

  1. Muito bons!
    Te convido a conhecer meu espaço...
    http://lequerica.blogspot.com tem umas poesias minhas lá...veja o que acha.
    Bjs

    ResponderExcluir