terça-feira, 21 de julho de 2009

Pequenas Poesias

Alguém que se perde em seu próprio segredo
Morre de medo de não se encontrar
Perto do abismo do sexto sentido
Algo de novo ainda pode chegar
Lua minguante uma faca entre o sol
Sombras e escuro um desejo de amar
Olhos grudados na tela pintada
Fechos rasgando uma tenda a voar
Cortes fissuras e moldes abertos
Outras palavras no inverso a soar
Forte é o acaso da calma sem ar
Loucos aos montes nos levam a pensar
O que faz tanta falta é simples levar
Sonhos, carinhos, segredos, cantar...

Danilo Pinoti

3 comentários:

  1. "Forte é o acaso da calma sem ar
    Loucos aos montes nos levam a pensar
    O que faz tanta falta é simples levar
    Sonhos, carinhos, segredos, cantar..."
    é a parte que eu mais gostei... mas a poesia inteira é bonita!

    ResponderExcluir
  2. Que bonitooo, alem de dançar michael jackson, vc escrevee, hehehe muito bom!!!
    to te seguindo no twitter, acho q vc é o cara da mãozinha, rs mais nao tenho certeza, aqui nao tem foto.. haha... sou de serra negra, acho q vc q tirou a foto pra mim... me segue lá! http://twitter.com/caserranegra ..
    :D
    Beijao!!!

    ResponderExcluir
  3. Oiiii
    atualiza pra gente michaell :D:D rs
    beijoooooo

    ResponderExcluir