sábado, 18 de julho de 2009

Pequenas Poesias

Olhos negros
uma mar  de escuridão
um rio de folhas secas
uma carta escrita a mão
navegando um barco a vela
sem rumo nem direção
sem olhar a sua volta
não enxerga a imensidão
frases feitas em colinas 
dias prontos pra esquecer
uma gota de ousadia 
mais um dia pra viver
quem tem medo como a vida
quem tem vida come o ar
ele nunca teve fome mas precisa respirar.

Danilo Pinoti

5 comentários:

  1. Muito bonito o seu poema... parabens você tem jeito com as palavras! Continue assim!

    ResponderExcluir
  2. Nossaaa sério mesmo o meu outro comentário (o de cima) não parece daquelas professoras que dá a nota ao aluno e depois coloca uma frase incentivando ao aluno, para que este continue se dedicando aos estudos e que não deixe de fazer suas tarefas?!
    hahaha desculpe, não percebi isso quando escrevi! rsrs
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. PARABENS GOSTEI DO SEU POEMA

    ResponderExcluir
  4. esta lindo mesmo adorei vc sabe usa as palavras

    ResponderExcluir
  5. continue assim, com essas poesias lindas pararabens

    ResponderExcluir